Sem bússola, só contigo

sembussolasocontigo.gif
SEM BÚSSOLA, SÓ CONTIGO
Milamarian
 
 
Mantenho-me no sustento de meus pés
em qualquer distância e circunstância
estaciono os espasmos das reentrâncias
e navego entre açus e mirins igarapés.
 
O amor, por ti semeado bem aqui
é alicerce nas subidas e descidas
habilita o nanquim na tinta colorida
a tingir o gris c’o frescor que recebi.
 
Sou tua identidade, teu nome eu cultivo;
no meu interno, és minh’eterna metade
ao meu redor, tua voz é meu infinitivo,
 
num poder tão profundo e necessário
lenitivo nas mortas horas, desfaz a nulidade
deste solitário caminhar sem itinerário.
Anúncios

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: